Faça Uma Cobrança Eficaz e tenha a Ousadia de ainda vender Mais

É hora de cobrar e receber! E que tal ainda vender para essa pessoa que você acabou de cobrar?

Veja agora como funciona essa ousadia…

Quem nunca teve uma amiga ou amigo, ou até parente, que não foi honesto com você e deu um calote? Dar dinheiro tá difícil mas calote tem muita gente por aí que tá “pela tampa” de tantos calotes que dão.

E vamos direto ao ponto: cobrar por uma venda que você fez mas que não recebeu! Ô coisinha triste isso, hein?!

Existem formas que podem mudar pra melhor essa situação e diminuir os prejuízos.

Vamos começar!

Vamos ver neste artigo como podemos fazer para aumentar as chances de receber o pagamento daquela dívida considerada, talvez, perdida.

Mas atenção, estas dicas se aplicam melhor para vendas no famoso “fiado”, ok? Ou seja, quando não usam cartão de crédito e nem outros meios de pagamentos (darei novas dicas sobre isso em outros artigos).

Você vai aprender:

  1. Cuidados pra você NÃO PAGAR A CONTA na hora de cobrar
  2. Como uma Cliente ruim pode DESTRUIR COMPLETAMENTE suas próximas vendas e até o seu negócio
  3. Como fazer uma cobrança eficaz (na verdade, SUPER EFICAZ – DICA SENSACIONAL!)

Vamos à aula!

1) Cuidados pra você NÃO PAGAR A CONTA na hora de cobrar

Ou seja, cuidado para “o tira não sair pela culatra”!

Já vi muitas consultoras soltando indiretas no Facebook

Você deve ter muito cuidado com esses “avisos de pendências financeiras” pois, se sua cliente se sentir humilhada ou ofendida, ela pode abrir um processo por danos morais, no mínimo, e isto nem eu e nem você queremos, certo?

Logo, vamos conhecer algumas ações que você não pode cometer no momento da cobrança.

Você não deve:

  • Fazer cobranças fora do horário comercial
  • Ameaçar
  • Coagir (obrigar)
  • Constranger físico ou moralmente
  • Fazer afirmações falsas para amedrontar a cliente
  • Ou perturbá-la no local de trabalho, lazer ou descanso dela
  • Informar às outras pessoas sobre a inadimplência
  • E até mandar mensagens via aplicativos de celulares ou por meio das redes sociais que exceda o bom senso.

Todos estes pontos de que falei acima foram retirados do Código de Defesa do Consumidor.

Portanto, para entender ainda mais sobre a importância de NÃO fazer uma cobrança indevida, consulte um advogado especializado nesta área ou, até mesmo, o Procon. Com certeza, eles irão te orientar com bem mais detalhes.

É claro que você pode cobrar pois tem direito para isso. O cuidado deste artigo é para você “se prevenir de futuros problemas, receber seu devido dinheirinho e, se possível, ainda vender mais!” Continue lendo que irá entender como poderá vender…

2) Como uma Cliente ruim pode DESTRUIR COMPLETAMENTE suas próximas vendas e até o seu negócio

Sabe aquela cliente que nem paga as contas, e ainda saem falando por aí que aquela empresa (ou vendedora, consultora) não presta? Pois bem, existem muitas clientes que denigrem as imagens das empresas e que podem fazer isso com você também.

Por isso, mesmo que uma cliente não te pague e nem mereça você vender a ela novamente, você deve fazer de tudo para não permitir que isso aconteça e atrapalhe suas vendas.

Portanto, vou te ensinar no próximo ponto como você pode evitar este tipo de problema, aumentar suas chances de receber aquele dinheiro atrasado e ainda vender mais para esta cliente!

Você deve estar pensando: Como vou vender a alguém que não paga??? Veja no próximo tópico como isso é possível. 😀

3) Como fazer uma cobrança eficaz (na verdade, SUPER EFICAZ - DICA SENSACIONAL!)

E agora? Como fazer esta abençoada cobrança de maneira que a cliente inadimplente não venha prejudicar você e ainda venha pagar e comprar mais?

Primeiro, a educação e a cordialidade antes de qualquer cobrança. Mesmo que a cliente seja "mundiça" - nome popular para inadimplência - você não pode perder sua razão.

Segundo, aqui estão conselhos simples mas eficientes:

  • Cobre, você tem direito. Mas não se exceda;
  • Lembre a cliente com antecedência (tem uma dica ainda melhor mais à frente...);
  • Em seu Caderninho de Clientes, faça um histórico de pagamentos;
  • Se possível, forneça opções caso ela não consiga pagar o que foi combinado.

Eis aqui uma parte de minha técnica que ensino no meu treinamento e que ensinarei a você gratuitamente agora. 😉

É assim:

  • i) Entre em contato com ela 8 dias antes do vencimento. Aborde qualquer tipo de assunto mas que seja uma conversa breve como, por exemplo:

Você gostou do perfume/creme/roupa? Teve algum problema com o produto? Do que você gostou mais nele?

Depois desta conversa inicial, a cliente se lembrará de você e, automaticamente, lembrará da dívida. Se ela for honesta, avisará que pagará no dia ou que terá um breve atraso- mas nada que venha te prejudicar. Se for desonesta, possivelmente, fingirá que "esqueceu".

  • ii) Fale com ela 1 dia antes do vencimento e ofereça algo para ela comprar com uma nova condição. Aqui está a mágica: Junte a dívida antiga + uma pequena dívida nova E DIVIDA TUDO NO CARTÃO DE CRÉDITO!

Esta técnica é fácil mas deve ser aplicada e calculada com cuidado pois irá usar o valor da dívida antiga mais o valor da nova dívida. No final, divida TUDO NO CARTÃO DE CRÉDITO! Exemplo:

  • Valor da dívida antiga que irá pagar na data de vencimento: R$ 80,00
  • Valor do novo produto oferecido: R$ 30,00 (Este produto deve ter um preço bem baixo para aproveitar a oportunidade de vender). Mas tem que ser um produto que ela deseja, certo?
  • Sua atitude: "Maria, tenho uma oportunidade pra você que vai te ajudar no pagamento da dívida de amanhã e, ainda, você poderá adquirir um creme/perfume/etc. Vou te ajudar fazendo tudo isso por R$ 110 (80 + 30) e dividirei em 2 vezes. Posso deixar o creme aí amanhã?"

E se ela não quiser pagar no cartão? Negocie para pagar via transferência bancária dentro de alguns dias (5 ou 8 dias depois). A intenção é fazer com que você receba este dinheiro (ou parte dele) o mais rápido possível, justamente, para alimentar o seu Caixa.

A ideia é aproveitar a chance de:

  1. Receber a dívida
  2. Realizar uma venda
  3. Facilitar o pagamento para a cliente
  4. E transferir a responsabilidade de cobrar para a administradora do cartão de crédito da cliente. Ou seja, você não precisará mais cobrar! 😉

Um precioso detalhe: o SPC

Caso você seja cadastrada como uma Microempreendedora Individual e estiver ligada ao Sistema de Proteção ao Crédito - o famoso SPC -, poderá incluir o nome da cliente neste cadastro.

Mas para isso, consulte, com antecedência, um advogado ou profissional de algum órgão de Proteção aos Direitos do Consumidor para saber como funciona tal processo sem que você seja prejudicada.

Cuidados que você deve ter:

  • Veja se o seu Caixa pode esperar mais um pouco para entrar esse dinheiro da dívida. Neste caso, você precisa ter um fluxo de caixa equilibrado;
  • Sempre que fizer alguma promoção, dividir ou adiar uma dívida, faça um planejamento e os cálculos antes de propor às clientes pois você pode ter desagradáveis surpresas (falta de dinheiro num futuro próximo).

Essa dica já funcionou antes? SIM! E é por isso que você deve TESTAR em seu negócio também. Dessa maneira, vai aumentar as chances de receber, vender mais e ficar mais tranquila quanto à cobrança!

Essa dica ajudou você? Diga-me nos comentários abaixo como você costuma cobrar e se funciona ou não que irei te ajudar também. Em breve, teremos vídeos ensinando esta e outras técnicas.

Se você é Executiva da Avon, Líder de Grupo da Mary Kay ou Consultora Natura Orientadora, compartilhe com sua equipe de vendas e consultoras elas irão trabalhar de maneira muito mais inteligente. Acredite!

12 thoughts on “Faça Uma Cobrança Eficaz e tenha a Ousadia de ainda vender Mais

  1. Olá William Oliveira, bom dia!
    Me chamo Joelma, sou consultira natura, e estou com esse problema de cobranças, pois tenho umas clientes muito ruim de pagar e tenho também um cliente que já faz mas de um ano que estar me devendo e já mandei diversas mensagem pra ele e nada, só vive prometendo que vai me pagar e até agora nada. O que eu faço?

    Responder

    1. Oi, Joelma! Tudo bem com você?
      1º) Evite vender fiado. Se for vender, faça isso através de, pelo menos, Nota Promissória. Dessa forma, e preenchendo corretamente, você fica juridicamente protegida caso a sua cliente não queira pagar e você poderá recuperar seu dinheiro através da justiça com a Nota.
      2º) Tente ser a mais amigável possível com as clientes inadimplentes para que elas, pelo menos, assinem Notas Promissórias. Assim, caso elas continuem sem pagar, é só você seguir a dica anterior para recuperar-se do prejuízo.
      3º) Assim que recuperar o dinheiro, NUNCA MAIS VENDA para esses clientes pois, como foram desonestas com você, há chances muito grandes delas continuarem e você só ter dor de cabeça.
      4º) Caso elas não queiram assinar as Notas Promissórias, esqueça esses clientes pois só estão piorando sua saúde e atrapalhando seu negócio. Não perca seu precioso tempo com pessoas que não te respeitam e nem te valorizam.
      5º) Recomendação básica: Trabalhe somente à vista ou no cartão de crédito. No máximo, com nota promissória. Se achas que os clientes vão diminuir, então corra atrás de mais. Nunca se conforme com a quantidade que você já tem.

      Abraços e espero ter te ajudado!
      Sucesso, Joelma! 😉

      Responder

  2. Ola sou consultor Hinode, e estou seguindo a suas dicas… São ótimas e está de parabéns!
    E tenho uma dica pra vcs, que é um Boleto Fácil, muito utilizado e bem profissional e simples de usar!
    Obrigado William Oliveira, que Deus te abençoe e sucesso!

    Responder

    1. Olá, Johnatan! Tudo bem com você?
      Muito obrigado por sua participação e por sua dica! Achei muito bacana sua recomendação e uma ótima oportunidade para quem precisa desse recurso. Show, rapaz!
      Que Deus o abençoe poderosamente!
      Abraços e muitos sucessos pra você!

      Responder

    2. Olá como faço para ter o sistema boleto fácil? É obrigatório ter CNPJ?

      Responder

  3. Olá sou Andréa. He as vezes não tem muito modos pra cobrança he minhas clientes são família e amigos.
    He não não quero mais ter esse tipo de comportamento

    Responder

    1. Oi, Andrea! Tudo excelente com você? Espero que sim!

      Cobrar familiares e amigos próximos é complicado – sei como é isso.
      Mas a grande chave para mudar isso é você deixar claro pra TODOS ELES (familiares e amigos) que você tem UM NEGÓCIO, E NÃO UM PASSA-TEMPO. Ou seja, você precisa tratar o seu negócio de consultoria com grande importância e respeito para que eles vejam que, realmente, você não está para brincadeiras.

      Então, uma maneira de demonstrar isso além de somente “falar que é sério”, é você ter uma farda ou roupa padronizada com seu nome e o nome de seu negócio, ter cartões de visita, organizar formulários e documentos com o nome do negócio/loja, por exemplo, faça cadastro de clientes usando os documentos (RG e CPF) deles, limite de compras e etc.

      Assim, você ganha autoridade e respeito. Formalize-se sempre que puder. Ok?

      Espero ter te ajudado! Abraço e sucesso pra você, Andrea!

      Responder

  4. boa tarde. o que posso fazer para receber de uma pessoa que me deve a sete meses e parece não ter consciência de querer pagar sua divida? Já perdi a paciência pq noto que ela costuma dar calote e depois quer ter razão, conheci outras pessoa que tbm venderam para esta pessoas e ela não pagou.

    Responder

    1. Oi, Cris! Obrigado pelo comentário!

      Vamos lá!
      Se você já tentou cobrar e ela não tá demonstrando o menor interesse em pagar, então vc deve procurar a justiça – geralmente isto é resolvido no Juizado de Pequenas Causas.

      Adianto que, se vc vendeu no famoso “caderno do fiado”, ele não vai te ajudar muito pois, geralmente, ele não tem valor jurídico (existem algumas raras exceções). Resumindo, o caderno não serve como prova jurídica.

      No caso de ter ajuda da Justiça, vc irá precisar de documentos que comprovem a dívida. Uma Nota Promissória bem preenchida já é de graaaaande ajuda nessa situação.

      Junte todas as informações que vc tiver da pessoa devedora (CPF, endereço, Dívida, data de compra e do vencimento, nome completo, etc).

      Com os documentos em mãos, vá até a justiça ou procure um advogado ou mesmo até orientações no próprio Procon de sua região que eles também poderão de orientar.

      Mas não deixe isso pra lá! valorize seu trabalho, Cris!
      Desejo sucesso pra vc!

      Responder

  5. Olá William Bom dia
    Meu nome é Gabrielly , trabalho com MMN e vendas diretas a anos com a Hinode, tupperware, bolsas, acessórios etc….. além de outras habilidades no ramos autonômo.
    gostaria de saber se há uma técnica especifica para recrutar novos consultores que serão futuros empreendedores.
    desde já agradeço
    Gabrielly

    Responder

    1. É um grande prazer pra mim e pra nossa equipe tê-la aqui em nosso blog, Gabrielly!

      Na verdade, existem várias técnicas para recrutamento de pessoas com potencial de se tornar empreendedoras do MMN. O melhor material até agora que eu vi e que muitas pessoas de sucesso desse ramo tem usado em seus negócios é o conhecimento do livro de Eric Worre, Go Pro – recomendo demais pra você que quer ter resultados incríveis no marketing de rede.

      Pode ter certeza que todos os cursos e materiais advieram do livro do Eric. O cara é totalmente fora de série, considerado o “REI” do MMN. Caso ainda não conheça (mas desconfio que já deves ter até lido), dá uma olhada nesse link com o resumo do livro lá na Amazon (gosto da Amazon pois sempre tem promoções por lá).

      Desejo uma excelente leitura e resultados excepcionais, Gabrielly!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.